Quem somos

Nosso projeto nasceu da vontade de traduzir e divulgar toda obra de Anscar Vonier. Iríamos, inicialmente, fazer traduções voltadas a esse propósito, mas, por sugestão de bons amigos, resolvemos aumentar os limites de nossos objetivos. Não pretendemos, portanto, somente traduzir as obras desse grande abade, mas se servir dessas traduções como um primeiro passo para outras obras, antigas e novas, que servirão, com certeza, para aumentar o conhecimento dos católicos sobre a Igreja fundada por Nosso Senhor.

Não só dos católicos, mas, também, dos protestantes que desejam conhecer o verdadeiro ensino da Igreja Católica, mesmo que seja para criticar, em vez dessa caricatura odiosa que foi feita pelos seus detratores. Apesar de não ser uma página voltada exclusivamente à apologética, ela será inevitável, pois, segundo Dom Vonier, ao falar da Encarnação, “é difícil à nossa mente colocar-se numa atmosfera serena que não leve em consideração o fato de que houve heresias. Penso, ainda, que qualquer pessoa que deseje apreciar sua fé na Encarnação tanto quanto for possível aqui na terra, não deve dar atenção à heresia e deve ignorar sua existência. O lado positivo de nossa teologia da Encarnação é tão maravilhoso, tão imenso, que a alma pode encontrar satisfação incalculável em sua contemplação, sem sentir a necessidade de ver o lado negativo, a sua contradição”. Na verdade, a melhor apologética católica é uma exposição de sua doutrina, uma vez que as respostas aos seus críticos consistem, na maioria das vezes, em dizer que se está criticando um espantalho. Além disso, é impressionante como vários trabalhos antigos e de peso ficaram desconhecidos entre os brasileiros, e esse é um deles.

Um dos motivos é porque criou-se a impressão de que o novo é sempre bom e sempre superou o antigo. Algumas vezes isso é verdade, mas, na maioria das vezes, ocorre o contrário: o que é de Cristo se mantém vivo, enquanto os trabalhos que de bom só tem a novidade, amanhã passam. “O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão” (Mt 24,35). O engraçado é que muitas coisas que são apresentadas como novidades não passam de velhos erros.

Quando conhecemos os trabalhos de Anscar Vonier, nem sequer imaginávamos que havia traduções para o português. Depois de termos traduzido três livros, só ficamos sabendo que havia outras traduções muito antigas (próximas à época em que ele ainda estava vivo) graças a Alexandria Católica, que nos fez esse comentário. Graças a Deus não foi nenhum dos que traduzimos! Isso não significa que não vamos traduzir os livros que já estão disponíveis em português, pois, pelo contrário, pretendemos traduzir toda a obra desse grande abade e escritor. Isso servirá, entretanto, para verificarmos as prioridades. Os livros que ainda não estão em português terão prioridade, na maioria dos casos.

Os leitores irão se maravilhar com a clareza de Dom Anscar Vonier ao explicar verdades sublimes. Ele, nas palavras de Dom Tomaz Keller, O. S. B., “sem empregar a terminologia especial, inacessível, em geral a grande número de fiéis, expõe o dogma cristão confrontando, muitas vezes com extrema felicidade, a atitude cristã traçada pelo dogma com a atitude da natureza enfraquecida pelo pecado original, com as que estão em voga atualmente no mundo, em via de se paganizar de novo, ou com as atitudes mutiladas pelas grandes heresias”.

É difícil, se não impossível, não se impressionar como a grandeza dos ensinos católicos são expostos, ou melhor, proclamados, por esse grande abade. Não foram poucas as vezes em que, em quanto traduzíamos, parávamos para meditar nas verdades católicas em seus livros. Esperamos que nosso trabalho seja um meio de edificação e santificação desse povo que já sofreu muito as conseqüências de uma má formação, tanto intelectual quanto espiritual.

Infelizmente em nosso país ainda há poucas traduções, e muitas delas somente chegam anos depois! Graças a Deus surgiram sites e editoras que estão traduzindo e divulgando trabalhos católicos de qualidade, como se fazia outrora. E é isto que queremos: dar nossa contribuição aos católicos brasileiros com obras importantes para sua formação. O primeiro livro a ser publicado chama-se “A maternidade divina”. Nada melhor para o nascimento de um projeto do que uma homenagem à Mãe dAquele que fez nascer em nós essa idéia. Esperamos que a Maternidade Infinita dê as graças para mantermos o projeto até o final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s